Unctad

Angola e São Tomé e Príncipe em ascensão sofrem impacto da Covid-19 

Países de língua portuguesa devem sair do grupo de Países Menos Desenvolvidos em 2021 e 2024, respetivamente; Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento diz que pandemia coloca pressão sobre o processo.

Agência da ONU apoia países lusófonos em transição econômica
BR

Angola deixa de ser país menos avançado em 2021, a menos que esse prazo seja renegociado pelo impacto da Covid-19. A economia de São Tomé e Príncipe deverá atingir este estágio em 2024. 

Unctad: impacto econômico da pandemia deve permanecer mesmo após vacina 
BR

Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento prevê contração econômica de 4,3% este ano e mais 130 milhões de pessoas lançadas na pobreza extrema; agência afirma que crise de saúde “é também catalisador para mudança necessária.” 

Covid-19 reduz comércio marítimo global e transforma a indústria 
BR

Novo relatório afirma que pandemia levantou questões sobre globalização e dependência na cadeia produtiva dos países; pesquisa prevê retoma do crescimento em 2021; preocupações ambientais devem continuar sendo prioridade do transporte marítimo.  

Agência da ONU vê mais oportunidades para Angola em criação de abelhas 
BR

Pais africano pode expandir capacidade de produção de mel diversificando economia com novas regras e técnicas modernas; cálculos da Unctad indicam que produção pode mais que dobrar. 

Covid-19 reduz investimento direto estrangeiro pela metade, no Brasil queda de 48% 
BR

Novo relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, incida maiores perdas em países desenvolvidos; tendência de queda permanece até fim deste ano; maiores perdas ocorreram na Itália, nos Estados Unidos e no Brasil, o único país de língua portuguesa no relatório. 

Comércio global cai em todo o mundo, exceto na China  
BR

Agência da ONU prevê queda anual de 7% a 9% para 2020; resultados do terceiro trimestre foram melhores do que do segundo; tendência de melhora deve continuar nos últimos três meses do ano.

África perde cerca de US$ 88,6 bilhões por ano em fluxos ilícitos de capitais
BR

O valor equivale a 3,7% do Produto Interno Bruto, PIB, do continente, segundo Relatório 2020 sobre Desenvolvimento Econômico em África; documento revela que conter a fuga de capitais e dos fluxos financeiros ilícitos no continente poderia gerar novos fundos para responder à crise da Covid-19.

Agência da ONU diz que venda de carros elétricos deve disparar até 2030
BR

Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, afirma que até 2030 serão vendidos 23 milhões de veículos, 20 milhões a mais que em 2017; agência afirma que mundo deve buscar como financiar o alto custo da bateria e em mitigar os efeitos sobre o meio ambiente de materiais utilizados na produção como lítio e cobalto.

Especialista da ONU questiona se produtos digitais devem pagar taxas de importação 
BR

Livros, música, filmes e videogames em formato digital não pagam impostos quando vendidos de um país para outro devido a uma decisão de 1998; no próximo ano, deve ser discutido prolongamento dessa medida.