Unctad

Relatório da ONU encoraja países africanos a apoiarem setor de turismo

Unctad lançou nesta quarta-feira Relatório 2017 sobre Desenvolvimento Económico em África com foco no turismo para crescimento transformador e inclusivo; para chefe da agência, setor é dinâmico e tem “potencial fenomenal” no continente.

Áudio -

Relatório da ONU encoraja países africanos a apoiarem setor de turismo

Agências da ONU lançam campanha global por empregos decentes
BR

Iniciativa marca a celebração do primeiro Dia das Micro, Pequenas e Médias Empresas; as Nações Unidas calculam que 70 milhões de jovens estejam desempregados no mundo e 150 milhões que trabalham vivem em pobreza moderada ou extrema.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Agências da ONU lançam campanha global por empregos decentes
BR

Setor digital mudou padrão de investimento global
BR

Relatório da ONU mostra que Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha abrigam a maioria das principais empresas digitais no mundo; documento preparado pela Unctad revela ainda que 32 das 100 multinacionais do setor não existiam há 10 anos.

Áudio -

Setor digital mudou padrão de investimento global
BR

Quarta de Empregos (17)

Toda quarta-feira é dia de Quarta de Empregos na ONU News! Neste 17 de maio, a ONU News publica anúncios de vagas disponíveis no Sistema das Nações Unidas com destaque às posições em países de língua portuguesa, mas também em outras nações.

Entrevista: Conferência da ONU sobre Oceanos, Cplp e sustentabilidade

Pesca, subsídios que favorecem a captura sustentável e equilíbrio são temas da conversa da ONU News com o diretor do Comércio e Meio Ambiente da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Comércio, Unctad.

Áudio -

Entrevista: Conferência da ONU sobre Oceanos, Cplp e sustentabilidade

Cplp em negociações multilaterais pode travar queda nas pescas, diz Unctad

Para diretor da agência,desequilíbrios podem impulsionar negociações multilaterais; União Europeia diferencia desempenho de Portugal; Brasil produz mais para consumo interno; competição desigual marca lusófonos africanos.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -