Unami

ONU no Iraque diz que país não pode pagar preço de rivalidades externas
BR

Missão das Nações Unidas no país, Unami, condenou o ataque às bases militares dos Estados Unidos nas cidades de Erbil e Anbar; ofensiva foi realizada pelo Irã após a morte de seu comandante militar num ataque americano, na semana passada.

ONU condena assassinato de manifestantes desarmados no Iraque
BR

Violência no centro da capital, Bagdá, deixou "grande número de mortos e feridos entre cidadãos inocentes"; missão da ONU no Iraque, Unami, informou que mais de 400 pessoas e mais de 19 mil ficaram feridas durante protestos que começaram em outubro.

Protestos no Iraque já mataram 400 pessoas e deixaram mais de 19 mil feridas 
BR

Manifestações começaram em início de outubro; representante especial do secretário-geral para Iraque falou ao Conselho de Segurança; presidente deve nomear novo primeiro-ministro em 15 dias.  

ONU descobre mais de 200 valas comuns em território que foi controlado pelo Isil

Novo relatório estima que entre 6 mil e 12 mil pessoas estejam enterradas nestes locais; campanha de violência entre 2014 e 2017 pode ser considerada crime de guerra, contra a humanidade e possível genocídio.

Missão da ONU no Iraque diz que líderes têm de ouvir a voz do povo
BR

Representante especial do secretário-geral, Jan Kubis, falou ao Conselho de Segurança sobre a recontagem de votos encerrada na segunda-feira; eleições de 12 de maio recebeu reclamações e alegações de fraude eleitoral e má administração.

ONU condena explosões que mataram pelo menos 35 em Bagdá
BR

Enviado da organização no Iraque destaca que único objetivo dos ataques era atingir número máximo de civis inocentes; ataque ocorreu em praça onde diaristas se reúnem em busca de trabalho.

Áudio -

ONU condena explosões que mataram pelo menos 35 em Bagdá
BR

Enviado da organização no Iraque destaca que único objetivo dos ataques era atingir número máximo de civis inocentes; ataque ocorreu em praça onde diaristas se reúnem em busca de trabalho.

Bagdá foi a cidade iraquiana mais afetada pela violência em dezembro
BR

Terrorismo matou pelo menos 69 civis e deixou mais de 140 feridos em todo o país, de acordo com a Missão da ONU no Iraque, Unami; balanço é muito similar aos números de novembro, o que para a missão é lamentável.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque. 

Áudio -

Bagdá foi a cidade iraquiana mais afetada pela violência em dezembro
BR

Terrorismo matou pelo menos 69 civis e deixou mais de 140 feridos em todo o país, de acordo com a Missão da ONU no Iraque, Unami; balanço é muito similar aos números de novembro, o que para a missão é lamentável.