Tunísia

Secretário-Geral condena assassinato de líder da oposição na Tunísia
BR

Ban Ki-moon pede calma e destaca que atos de violência política enfraquecem instituições do Estado; Mohamed Brahmi, de 58 anos, foi assassinado a tiros na quinta-feira.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Secretário-Geral condena assassinato de líder da oposição na Tunísia
BR

ONU condena assassinato de líder da oposição na Tunísia

Mohamed Brahmi, de 58 anos, liderou o Partido do Povo; de acordo com agências noticiosas uma greve geral foi convocada, para esta sexta-feira, pelo maior sindicato do país do norte de África.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

ONU condena assassinato de líder da oposição na Tunísia