Tunísia

ONU expressa alarme com protestos violentos na Tunísia

Alta comissária da ONU para os Direitos Humanos insta às autoridades a  garantir que as forças de segurança deixem de usar força excessiva contra os manifestantes na cidade de Siliana; mais de 220 pessoas teriam sido feridas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

ONU expressa alarme com protestos violentos na Tunísia