tráfico

OIM: Meninas rohingya são vítimas de tráfico e exploradas para trabalhos forçados

OIM identifica grupo de vítimas de tráfico nos campos de refugiados do Bangladesh; número limitado de empregos obriga refugiados a procurarem trabalho fora; perto de um milhão de rohingyas vivem em Cox´s Bazar.

Em 7 meses, mais de 1,5 mil refugiados e migrantes morreram no Mediterrâneo

Dados são da Agência da ONU para Refugiados, Acnur, e correspondem ao período de janeiro a julho de 2018; somente em junho e julho foram 850 óbitos.