Surto de Ebola

OMS prevê mais casos de ébola nos próximos meses na África Ocidental

Guiné-Conacri e Libéria já registaram mais de 124 mortes; agência não recomenda a aplicação de qualquer restrição de viagem ou comercial para as nações afetadas. 

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

OMS prevê mais casos de ébola nos próximos meses na África Ocidental

Guiné-Conacri com material de proteção contra surto de ébola que matou 78

Guiné-Conacri com material de proteção contra surto de ébola que matou 78

Equipamento da OMS visa proteção pessoal e para desinfeção; metade de infetados na capital é comporta por trabalhadores do setor de saúde.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*   

Áudio -

OMS doa mais de 3,5 toneladas de material de proteção à Guiné-Conacri
BR

OMS doa mais de 3,5 toneladas de material de proteção à Guiné-Conacri
BR

Agência da ONU diz que suprimentos vão ajudar no combate à epidemia do ebola; mortalidade chega a 90% dos casos já que não há tratamento ou vacina para a doença.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Sobe número de suspeitas de casos de ébola, diz OMS

Segundo agência da ONU, foram notificadas 66 mortes causadas pelo novo surto da doença na Guiné-Conacri; até esta quinta-feira, 103 suspeitas haviam sido registadas incluindo na Serra Leoa e na Libéria.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Sobe número de suspeitas de casos de ébola, diz OMS

Ébola mata quase 60 na Guiné-Conacri
BR

OMS afirmou que índice de fatalidade chega a 90%; agência da ONU disse que país africano tem mais de 80 casos suspeitos da doença.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Ébola mata quase 60 na Guiné-Conacri
BR