Situação humanitário no Sudão

Chefe humanitário visita Sudão e diz que crise afeta mais meninas e mulheres
BR

Mark Lowcock concluiu visita de dois dias ao país no domingo; ele se encontrou com pessoas afetadas por desastres naturais, doenças e crises econômicas; mais de 8,5 milhões de sudaneses precisam de assistência para sobreviver.