Série de Diálogos sobre África

Embaixadora de Angola comenta a situação dos refugiados na África

A embaixadora de Angola junto às Nações Unidas, defende o apoio ao acolhimento de refugiados africanos pelo mundo. Maria de Jesus Ferreira participou da Série de Diálogos sobre África na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque. A representante cita exemplos de Moçambique e Namíbia para defender a inclusão de deslocados. Angola acolhe 70 mil refugiados e candidatos a asilo.

Guterres sobre crise de refugiados: "África é uma enorme lição para todos nós"

Em entrevista à ONU News, o secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu apoio internacional mais forte e continuação da liderança africana durante a Série de Diálogos sobre África. Este ano, o tema é “refugiados, retornados e pessoas deslocadas internas: rumo a soluções duradouras para o deslocamento forçado em África”. 

Embaixadora de Angola comenta a situação dos refugiados na África

Neste Destaque ONU News Especial, a embaixadora de Angola junto às Nações Unidas, defende o apoio ao acolhimento de refugiados africanos pelo mundo. Maria de Jesus Ferreira participa da Série de Diálogos sobre África na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque. A representante cita exemplos de Moçambique e Namíbia para defender a inclusão de deslocados. Angola acolhe 70 mil refugiados e candidatos a asilo.

“Precisamos todos uns dos outros”, diz Angola sobre acolhimento de refugiados

Embaixadora do país participa na Série de Diálogos sobre África; território angolano acolhe 70 mil refugiados e candidatos a asilo; representante cita exemplos de Moçambique e Namíbia para defender inclusão de deslocados.

Guterres sobre crise de refugiados: "África é uma enorme lição para todos nós"

Começou nesta terça-feira, na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, a Série de Diálogos sobre África. Este ano, o tema é “refugiados, retornados e pessoas deslocadas internas: rumo a soluções duradouras para o deslocamento forçado em África”. O secretário-geral da ONU pediu apoio internacional mais forte e continuação da liderança africana nestes temas.