sequestros

Nigéria: ONU condena “ataque direto mais violento contra civis inocentes” do ano
BR

Pelo menos 43 pessoas morreram no ato ocorrido em Maiduguri, estado de Borno; secretário-geral reafirma apoio ao governo no combate ao terrorismo; chefe humanitário descreve comunidades chocadas com brutalidade no nordeste.

Plano de ação resgata quase 4 mil crianças de grupos armados na Nigéria
BR

Muitas foram alistadas por causa do envolvimento dos pais com militantes; movimento islâmico Boko Haram utiliza menores para atentados a bomba e escravidão sexual; expansão de atividades do grupo no Lago Chade preocupa secretário-geral António Guterres.

Afeganistão já tem mais trabalhadores humanitários que sofreram ataques em 2019 que no ano passado

Este ano, 77 funcionários do setor foram mortos, feridos ou sequestrados; chefe humanitário quer investigação e julgamento dos responsáveis pelos atos ocorridos entre domingo e terça-feira.

Unicef: “mundo falhou em proteger as crianças em 2018”
BR

Agência destaca abusos ocorridos em vários conflitos, incluindo a pobreza extrema; comunicado ressalta que atrocidades acontecem de forma quase impune e situação está piorando.

ONU afirma que “massacre desprezível do Boko Haram tem que acabar”
BR

Declaração foi feita pelo chefe do Escritório de Direitos Humanos em Genebra; Zeid Al Hussein afirmou que “a carnificina representa uma ameaça ao desenvolvimento, à paz e a segurança da região”.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

ONU afirma que “massacre desprezível do Boko Haram tem que acabar”
BR

ONU diz que tem plano para apoiar Nigéria após sequestros em Chibok

Organização pretende operar com o governo e com as comunidades afetadas; relatos de agências noticiosas apontam para mais episódios de rapto do Boko Haram depois do rapto em abril no nordeste do país.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

ONU diz que tem plano para apoiar Nigéria após sequestros em Chibok

Ban preocupado com aumento da violência na Síria
BR

Secretário-Geral fez a declaração em comunicado depois da escalada dos confrontos registrados nos últimos dias em Aleppo; ele condenou uso contínuo e indiscriminado de artilharia pesada em áreas de população civil.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Ban preocupado com aumento da violência na Síria
BR