Filtrar por conteúdo:

secretário-gera

“Nenhum ataque terrorista pode reverter a democracia na Tunísia”

Declaração é do Conselho de Segurança ao condenar o atentado de segunda-feira no país; ação matou pelo menos 19 pessoas em Ben Gardane, na fronteira com a Líbia; secretário-geral da ONU também deplorou o ataque.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A condenar o atentado ocorrido na segunda-feira na Tunísia, o Conselho de Segurança das Nações Unidas  destacou: “nenhum ataque terrorista pode reverter a democracia no país nem as suas ações em direção à recuperação económica e o desenvolvimento”.