seca

Zimbábue enfrenta fome causada pelo homem, diz especialista da ONU
BR

Estima-se que insegurança alimentar esteja afetando 5,5 milhões de pessoas nas áreas rurais do país africano; nas áreas urbanas, problema é enfrentado por 2,2 milhões de pessoas.*

Com redução de chuvas em Angola, ONU investe cerca de US$ 6,4 milhões para apoiar vítimas

Sul do país sofre consequências das mais altas temperaturas em quatro décadas; mais US$ 575 milhões serão aplicados em ações pós-seca em áreas mais propensas; cerca de 500 mil crianças com menos de cinco anos passam fome nas regiões afetadas.

ONU contribui para apoiar parte dos 2,3 milhões de afetados pela seca em Angola
BR

Doação de bens será feita na província do Cunene, uma das quatro que enfrentam a emergência da seca; Unicef revela que situação afeta cerca de 491 mil crianças com menos de cinco anos.

Coreia do Norte tem cerca de 10 milhões de pessoas subnutridas
BR

Nova avaliação da ONU alerta para uma  possível crise de fome após a menor produção de alimentos em 10 anos; déficit alimentar de 1,36 milhões de toneladas se deve a fatores que incluem baixas colheitas e aumento de perdas nas colheitas.

Chefe humanitário visita Maláui e Zimbabué para avaliar resposta internacional

Mark Lowcock estabelece contato com populações, representantes governamentais e da comunidade internacional; deslocação acontece entre quarta-feira e sábado.

Satélites ajudam pastores do Sahel a encontrar água
BR

No Mali, cerca de 21 mil pessoas estão usando sistema que fornece informações como disponibilidade de água, alimentos e preços de cereais e gado nos mercados locais; projeto deve expandir-se para outras regiões.