São Tomé e Príncipe

Angola e São Tomé e Príncipe em ascensão sofrem impacto da Covid-19 

Países de língua portuguesa devem sair do grupo de Países Menos Desenvolvidos em 2021 e 2024, respetivamente; Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento diz que pandemia coloca pressão sobre o processo.

Agência da ONU apoia países lusófonos em transição econômica
BR

Angola deixa de ser país menos avançado em 2021, a menos que esse prazo seja renegociado pelo impacto da Covid-19. A economia de São Tomé e Príncipe deverá atingir este estágio em 2024. 

Angola se destaca entre lusófonos por ações contra pandemia sensíveis ao gênero 
BR

Decisões angolanas consideram combate à violência a mulheres e meninas, apoio a cuidados não remunerados e reforço da segurança econômica; Brasil teve maior número de medidas entre o grupo de nações; análise da ONU cita Cabo Verde, Moçambique e São Tomé e Príncipe. 

São Tomé e Príncipe anuncia graduação a país de renda média para 2024 
BR

Presidente Evaristo do Espírito Santo Carvalho informou que país prepara transição consciente dos desafios a enfrentar; ele pediu ação internacional para apoiar Moçambique na luta contra extremistas islâmicos na província de Cabo Delgado e discorreu sobre conflitos em outras nações africanas. 

ONU-Habitat quer unir cidades lusófonas em intercâmbio virtual sobre lições da pandemia
BR

Agência encerra, neste 10 de setembro, prazo de inscrições de eventos para participar no Circuito Urbano 2020 em outubro; processo oferece apoio a iniciativas de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.