São Tomé e Príncipe

Seis países perdem direito de votar na Assembleia Geral por não pagarem suas contribuições
BR

São Tomé e Príncipe é uma das exceções do grupo de países em dívida; lista inclui República Centro-Africana, Gâmbia, Líbano, Lesoto, Tonga, Venezuela e Iêmen; Portugal pagou a totalidade do valor, assim como Armênia, Ucrânia e Índia.

OMS: novos casos de cólera caíram mais de 60% no ano passado
BR

Organização Mundial da Saúde diz que resultado se deve à prevenção e tratamento nos maiores focos globais da epidemia: Haiti, RD Congo e Somália; nos países de língua portuguesa, Angola teve maior número de pacientes; já Cabo Verde e São Tomé e Príncipe não registaram casos.

Paridade entre homens e mulheres na política é a próxima conquista do mundo lusófono
BR

Em entrevistas exclusivas, autoridades de Angola, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe comemoram avanços e reforçam papel da educação e do empreendedorismo na busca por mais oportunidades

Países menos desenvolvidos precisam alinhar ajuda ao desenvolvimento com planos nacionais
BR

Novo relatório destaca que esta é a melhor forma de controlar dependência da ajuda externa; especialista da ONU menciona exemplo de nações como Angola, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Brasil e Portugal entre os cinco principais em registro global de proteção de marcas
BR

Relatório da Organização Mundial de Propriedade Intelectual tem dados de Angola, Cabo-Verde, Moçambique e São Tomé e Príncipe; Brasil é o terceiro com maior crescimento mundial ficando atrás de Índia e França.

Quarta de Empregos

Na lista de vagas do Sistema das Nações Unidas de 10 de julho, conheça algumas oportunidades de trabalho em países como Angola, Brasil, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e outros. Além de países de língua portuguesa, saiba de empregos em outros escritórios da organização. As vagas aparecem em inglês ou francês, as línguas de trabalho das Nações Unidas.

Ação climática aumenta segurança hídrica e alimentar em São Tomé e Príncipe

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento apoia projetos que promovem a resiliência das populações; como pequeno Estado insular, São Tomé e Príncipe já sofre os efeitos das alterações climáticas na agricultura, pescas e na economia. *

FAO lança projetos em São Tomé e Príncipe para agricultura e produção alimentar

Um dos objetivos é garantir segurança alimentar; agência defende gestão de recursos para garantir sustentabilidade; representante regional identifica pressão demográfica e mercado internacional como grandes desafios.

São Tomé e Príncipe destacado como “exemplo a seguir” em sessão do Conselho de Segurança

Reunião serviu para apresentar conclusões de um relatório do secretário-geral sobre a África Central; representante especial para a região também mencionou “esforços sem descanso” para a paz feitos pelos são-tomenses.

Milhões de crianças urbanas sofrem privações mais graves que no campo
BR

Pelo menos 4,3 milhões de menores pobres em cidades e vilas são mais propensas a morrer antes dos cinco anos; centenas de milhões de crianças menores de 18 anos vivem em assentamentos informais.