São Tomé e Príncipe

FMI termina missões a dois países africanos lusófonos

Equipa afirma que economia de São Tomé e Príncipe continua bem, apesar de desafios; realização das eleições presidenciais tiveram impactos negativos em projetos de investimento externo; ambiente na Guiné-Bissau também melhorou.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

FMI termina missões a dois países africanos lusófonos

Estados-ilha sofrem com falta de terra para plantio e altas taxas de obesidade

Vice-diretora geral da FAO destaca “custos enormes” causados pelo problema para a saúde pública dessas pequenas nações; agência ajuda a produzir comida para Estados que incluem os lusófonos Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau.

Áudio -

Estados-ilha sofrem com falta de terra para plantio e altas taxas de obesidade

São Tomé e Princípe tem condições de realizar Agenda 2030
BR

Avaliação é do primeiro-ministro timorense em discurso na Assembleia Geral da ONU; na intervenção, Patrice Trovoada ressaltou “progresso notável” do país em desenvolvimento humano.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

São Tomé e Princípe tem condições de realizar Agenda 2030
BR

Discurso na Assembleia Geral: Patrice Trovoada (em francês)
BR

O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, falou na Assembleia Geral da ONU nesta sexta-feira no 4º dia do Debate Geral da 71ª Assembleia Geral da ONU.

Ouça o discurso na íntegra.

Tempo: 8’58″

Áudio -

Discurso na Assembleia Geral: Patrice Trovoada (em francês)
BR

Entrevista: Patrice Trovoada, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe

O chefe de governo de São Tomé e Príncipe revelou esta sexta-feira que o seu país está a melhorar no desenvolvimento humano, mas precisa de um reforço dos investimentos.

Áudio -

Entrevista: Patrice Trovoada, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe