Sahel

Situação continua “extremamente preocupante” no Sahel 

Em sessão do Conselho de Segurança, secretária-geral assistente da ONU para África disse que  população civil paga o preço mais alto da insegurança; Bintou Keita cita ameaça do terrorismo, crise humanitária e tráfico de pessoas, armas e drogas.  

Instabilidade no Sahel gerou cinco vezes mais deslocados no último ano
BR

Situação no Mali, no Níger e em Burquina Faso pode se espalhar para toda a África Ocidental; representantes das Nações Unidas falam de indícios de uso de dispositivos explosivos similares aos do conflito na Síria.