Rodrigo Duterte

Ação do governo contra drogas ilegais nas Filipinas tem mais de 8,6 mil mortos
BR

Escritório de Direitos Humanos da ONU sugere que número real pode ser três vezes mais alto; relatório aponta impunidade, abuso de poder e outras violações; opositores políticos, jornalistas e ativistas são chamados de “terroristas” e “comunistas”, diz documento.

Presidente filipino admite assassinatos e ONU pede investigação
BR

Presidente filipino admite assassinatos e ONU pede investigação
BR

Chefe de Direitos Humanos das Nações Unidas afimou que “confissão” de Rodrigo Duterte de que teria matado três pessoas quando era prefeito da cidade de Davao constitui homicídio.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova York.

Áudio -