Roberto Azevêdo

Brasileiro se despede da OMC dizendo que muito ainda precisa ser alcançado
BR

Em último discurso como diretor-geral da Organização Mundial do Comércio,  Roberto Azevêdo diz que agência deve permanecer “numa encruzilhada” por algum tempo; ele deixa posto em 31 de agosto após mandato de sete anos.

Brasileiro, chefe da OMC, renuncia ao posto
BR

Embaixador Roberto Azevêdo informou que deixará cargo em 31 de agosto, um ano antes do término do segundo mandato; eleição ocorreu em 2013.

Entrevista: Roberto Azevêdo

O embaixador brasileiro Roberto Azevêdo afirmou que a prioridade para seu segundo mandato como chefe da Organização Mundial do Comércio é fazer com que a OMC continue alcançando resultados importantes.

Áudio -

Entrevista: Roberto Azevêdo

Embaixador brasileiro inicia segundo mandato à frente da OMC
BR

Roberto Azevêdo foi reconduzido ao cargo neste 28 de fevereiro após aprovação do Conselho-Geral da Organização Mundial do Comércio; ele era candidato único.

Áudio -

Embaixador brasileiro inicia segundo mandato à frente da OMC
BR

Roberto Azevêdo foi reconduzido ao cargo neste 28 de fevereiro após aprovação do Conselho-Geral da Organização Mundial do Comércio; ele era candidato único.

Diretor-geral da OMC acredita em maior aproximação dos países lusófonos
BR

Brasília recebe a partir desta segunda-feira a Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp; Roberto Azevêdo destaca potencial de parcerias comerciais.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Diretor-geral da OMC acredita em maior aproximação dos países lusófonos
BR

Rodada de Doha: muitas questões “continuam sobre a mesa”
BR

Afirmação é do diretor-geral da Organização Mundial do Comércio, OMC; Roberto Azevêdo destaca que vários temas avançaram nos últimos anos, como a maior reforma do comércio agrícola das últimas duas décadas.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Rodada de Doha: muitas questões “continuam sobre a mesa”
BR