resolução de conflitos

Nova resolução quer participação de mulheres na resolução de conflitos

Aprovada por unanimidade, resolução 2122 reconhece desequilíbrios em questões de cidadania; Secretário-Geral vê vantagens na paz sustentável, recuperação económica e legitimidade política.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Nova resolução quer participação de mulheres na resolução de conflitos