República Centro-Africana

“Que a comunidade internacional não abandone a República Centro-Africana”

Pedido foi feito pela coordenadora humanitária das Nações Unidas no país; novos provocam saída da comunidade de auxílio de áreas afetadas; milhares de pessoas estão escondidas nas matas no oeste.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

“Que a comunidade internacional não abandone a República Centro-Africana”

Exclusiva: Ministro da Defesa de Portugal, José Alberto Azeredo Lopes
BR

O ministro da Defesa de Portugal defendeu que “há ainda muito para fazer” ao falar da participação do  seu país em operações de manutenção de paz das Nações Unidas.

Áudio -

Exclusiva: Ministro da Defesa de Portugal, José Alberto Azeredo Lopes
BR

ONU anuncia grupo de mediadores e mais iniciativas sobre gênero
BR

António Guterres falou a jornalistas na sede da ONU, a poucos dias da abertura dos debates de líderes internacionais da Assembleia Geral; ele citou a situação na Coreia do Norte e afirmou que até 2028, as Nações Unidas terão paridade de gênero.

Áudio -

ONU anuncia grupo de mediadores e mais iniciativas sobre gênero
BR

António Guterres falou a jornalistas na sede da ONU, a poucos dias da abertura dos debates de líderes internacionais da Assembleia Geral; ele citou a situação na Coreia do Norte e afirmou que até 2028, as Nações Unidas terão paridade de gênero.

Crise humanitária centro-africana precisa de quase US$ 500 milhões

Valor deve beneficiar 2,4 milhões de vítimas da violência; país registou um aumento de focos de violência; trabalhadores humanitários em várias cidades enfrentam problemas de acesso e de insegurança.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -

Crise humanitária centro-africana precisa de quase US$ 500 milhões

Situação de crianças centro-africanas é “pior do que se pensava”

Unicef fala de mais vítimas de violência e de recrutamento; um em cada três menores de idade foi forçado a fugir de casa devido aos combates; dois terços do território centro-africano são controlados por grupos armados.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Situação de crianças centro-africanas é “pior do que se pensava”