República Centro-Africana

Crise humanitária na República Centro-Africana é a terceira maior do mundo

Quase 3 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária; Programa Mundial de Alimentação pretende mais do que dobrar seu apoio e, para isso, são necessários mais US$ 35,5 milhões até o final de 2019.

Metade da população centro-africana enfrenta insegurança alimentar

PMA alerta que 1,8 milhão de pessoas estão em risco; conflito, insegurança, deslocamento da população e elevados preços dos alimentos agravam fome; mais de 620 mil pessoas foram forçadas a sair de casa tornando-se ainda mais vulneráveis.

Guterres acolhe formação de governo inclusivo na República Centro-Africana

Novo executivo é constituído depois de um acordo de paz assinado no mês de fevereiro; secretário-geral pediu rápida implementação do documento; país tem sofrido com episódios de violência desde 2012.

República Centro-Africana: 180 soldados de paz portugueses recebem medalha da ONU

Militares distinguidos por desempenho em várias operações vitais; missão da ONU no país destaca compromisso diário como parte da operação de paz.

Enviado da ONU alerta que “situação continua grave” na República Centro-Africana  

Conselho de Segurança realizou encontro em Nova Iorque para debater situação no país africano; governo e 14 grupos armados assinaram acordo de paz a 6 de fevereiro.

Cobertura Especial: Dia Mundial do Rádio

Quarta-feira, 13 de fevereiro, marca o Dia Mundial do Rádio; da República Centro-Africana à Guiné-Bissau, passando por Moçambique, Portugual e Brasil, acompanhe aqui a série de especiais sobre a data que a ONU News preparou. 

República Centro-Africana: Governo e 14 grupos armados assinam acordo de paz  

Subsecretário-geral da ONU para Operações de Paz garante mobilização da ONU para implementação do acordo; processo também foi mediado pela União Africana.

República Centro-Africana: resposta humanitária precisa de US$ 430 milhões em 2019

Número de pessoas que precisa de assistência aumentou em 16% para 2,9 milhões; Plano de Resposta Humanitária visa salvar vidas, fortalecer proteção e preservar dignidade humana.