República Centro-Africana

PMA pode cortar alimentos para 150 mil pessoas na República Centro-Africana

Agência alerta para consequências como aumento de fricções e riscos de segurança; reservas alimentares estão no seu nível mais baixo; pelo menos 2,5 milhões de pessoas passam fome no país.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

PMA pode cortar alimentos para 150 mil pessoas na República Centro-Africana

Insegurança alimentar grave afeta 40% de centro-africanos

Produção de cereais caiu em mais de um terço desde o início da crise; agências da ONU querem melhorar capacidade de produção e garantir  acesso aos alimentos; FAO e PMA pedem mais ajuda para restaurar setor agrícola no país.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Insegurança alimentar grave afeta 40% de centro-africanos

ONU conclui processo de investigação na República Centro-Africana

Porta-voz do secretário-geral afirmou que Serviços de Supervisão Interna da ONU concluiu processo de investigação sobre alegações de abuso e exploração sexual contra contingentes do Burundi e do Gabão enviados a Dekoa, na província de Kemo; alegações se referem a incidentes entre 2014 e 2015.

Áudio -

ONU conclui processo de investigação na República Centro-Africana

Metade da população da República Centro-Africana precisa de ajuda

Coordenador humanitário da ONU para o país explica que apesar de potencial agrícola, nação tem uma das taxas mais altas do mundo de desnutrição crónica; 1,6 milhão de centro-africanos estão a necessitar de assistência externa.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Metade da população da República Centro-Africana precisa de ajuda

Onda de violência na República Centro-Africana mata 85 civis em cinco dias

Conselheiro especial da ONU para Prevenção do Genocídio denuncia eclosão dos confrontos, iniciados no dia 21; 11 mil moradores deixaram a cidade de Bria; dois grupos armados se enfrentam e há risco de rápida escalada das tensões.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Onda de violência na República Centro-Africana mata 85 civis em cinco dias