República Centro-Africana

Militares portugueses na República Centro-Africana recebem medalha da ONU

180 homens e mulheres da 5ª Força Nacional Destacada regressam esta semana a Portugal; representante especial do secretário-geral no país disse que soldados de paz cumpriram com sucesso a “missão delicada”.

Crise humanitária na República Centro-Africana é a terceira maior do mundo

Quase 3 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária; Programa Mundial de Alimentação pretende mais do que dobrar seu apoio e, para isso, são necessários mais US$ 35,5 milhões até o final de 2019.

Metade da população centro-africana enfrenta insegurança alimentar

PMA alerta que 1,8 milhão de pessoas estão em risco; conflito, insegurança, deslocamento da população e elevados preços dos alimentos agravam fome; mais de 620 mil pessoas foram forçadas a sair de casa tornando-se ainda mais vulneráveis.

Perspectiva de gênero nas missões de paz da ONU

A capitão de corveta da Marinha do Brasil, Márcia Braga, ressalta a importância da perspectiva de gênero nas missões de paz da ONU e na proteção de civis. Braga é a vencedora do Prêmio de Defensora Militar do Gênero das Nações Unidas. A militar encerrou sua participação na Missão da ONU na República Centro-Africana, Minusca, em abril de 2019.

Brasileira que ganhou prêmio da ONU treinará integrantes de tropas internacionais
BR

Ex-boina azul foi reconhecida por promover igualdade de gênero em missões de paz das Nações Unidas; com a experiência, ela percorre o mundo em eventos dentro e fora da organização.

Perspectiva de gênero nas missões de paz da ONU
BR

Neste Destaque ONU News Especial, a capitão de corveta da Marinha do Brasil, Márcia Braga, ressalta a importância da perspectiva de gênero nas missões de paz da ONU e na proteção de civis. Braga é a vencedora do Prêmio de Defensora Militar do Gênero das Nações Unidas. A militar encerrou sua participação na Missão da ONU na República Centro-Africana, Minusca, em abril de 2019.

Militar brasileira premiada na ONU conta sua trajetória

A capitão de corveta brasileira Márcia Andrade Braga é a vencedora do Prêmio de Defensora Militar do Gênero das Nações Unidas. A boina-azul serve na Missão da ONU na República Centro-Africana, Minusca, desde 2018.

Boina-azul brasileira pede aos países que enviem mais mulheres para a linha de frente
BR

Capitão Márcia Andrade Braga recebeu Prêmio de Defensora Militar do Gênero das Nações Unidas das mãos do secretário-geral; cerimônia aconteceu na sede da ONU com presença da presidente da Assembleia Geral.

Destaque ONU News Especial com a militar brasileira premiada nas Nações Unidas
BR

A capitão de corveta brasileira Márcia Andrade Braga é a vencedora do Prêmio de Defensora Militar do Gênero das Nações Unidas. A boina-azul serve na Missão da ONU na República Centro-Africana, Minusca, desde 2018.

Guterres acolhe formação de governo inclusivo na República Centro-Africana

Novo executivo é constituído depois de um acordo de paz assinado no mês de fevereiro; secretário-geral pediu rápida implementação do documento; país tem sofrido com episódios de violência desde 2012.