remessas

Africanos devem movimentar até US$ 80 mil milhões em receitas em 2020

Peso dos valores enviados pelos migrantes ultrapassa 10% do PIB em Cabo Verde; famílias do continente podem receber mais US$ 5 mil milhões por ano com a descida das despesas de envio nos próximos 14 anos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Africanos devem movimentar até US$ 80 mil milhões em receitas em 2020

Migrantes enviaram US$ 450 bi para seus países de origem em 2015
BR

Fundo Internacional para Desenvolvimento Agrícola quer maior reconhecimento dessa contribuição financeira; Fida disse que envio de dinheiro gera estabilidade para famílias e países.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Migrantes enviaram US$ 450 bi para seus países de origem em 2015
BR

Portugueses enviam mais dinheiro para casa entre os lusófonos, aponta relatório

Em 2014 entraram US$ 4.351,5 milhões em Portugal; país tem o maior número de migrantes entre nações de língua portuguesa; Estados Unidos têm a maioria dos 244 milhões de migrantes do mundo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Portugueses enviam mais dinheiro para casa entre os lusófonos, aponta relatório

Migrantes a viver na Europa enviaram US$ 109 mil milhões em remessas

Segundo o Fida, mais de 150 milhões de pessoas no mundo foram beneficiadas com a quantia em 2014; primeiro Dia Internacional das Remessas Familiares é celebrado esta terça-feira, 16 de junho.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Migrantes a viver na Europa enviaram US$ 109 mil milhões em remessas

Fida promove primeira Conferência Africana sobre Remessas

Por ano, mais de US$ 60 mil milhões são enviados para ou a partir do continente africano; Fundo Internacional para Desenvolvimento Agrícola quer encontrar serviços mais acessíveis para as populações rurais.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Fida promove primeira Conferência Africana sobre Remessas