relatores

Relatora especial da ONU pede maior proteção para trabalhadores domésticos 

Mulheres representam cerca de 70% dos 70 milhões de empregados domésticos; especialista diz que poucos países ratificaram Convenção de Trabalhadores Domésticos da OIT.

Relatores da ONU querem que Honduras proteja grupos pró-Lgbti
BR

Defensores de direitos humanos e que promovem os direitos das comunidades de lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e intersexuais sofrem com ataques no país latino-americano, segundo especialistas independentes da ONU.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Relatores da ONU querem que Honduras proteja grupos pró-Lgbti
BR

Relatores pedem diálogo após protestos que provocaram mortes nos Camarões

Polícia teria usado balas reais contra manifestantes de minoria anglófona nas cidades de Bamenda e Buea; violência começou após funcionários públicos francófonos terem sido nomeados para regiões onde a maioria fala inglês.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Relatores pedem diálogo após protestos que provocaram mortes nos Camarões

Relatores avaliam que situação está difícil para minorias em Portugal
BR

Especialistas da ONU para os direitos à água, ao saneamento e à habitação visitaram o país por 10 dias e ficaram preocupados com os povos Roma e afrodescendentes; eles pedem ao governo que garatam acesso aos serviços.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Relatores avaliam que situação está difícil para minorias em Portugal
BR

Peritos da ONU vão avaliar impacto da crise no acesso à água em Portugal
BR

Especialistas também querem saber como andam as condições de habitação no país e se direitos humanos estão sendo respeitados; brasileiro Léo Heller e canadense Leilani Farha chegam a Lisboa em 5 de dezembro.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Áudio -

Peritos da ONU vão avaliar impacto da crise no acesso à água em Portugal
BR

Relatores criticam resposta do Egito a protestos por prisão de ativistas
BR

Grupo lembra que foram mais de 380 detenções depois de manifestações; redes sociais também foram controladas; entre os detidos estão jornalistas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -