reeleição

Reeleito secretário-geral por aclamação, Guterres fala em Nações Unidas 2.0
BR

Chefe da organização afirma que desafios são enormes e que este é o começo de uma nova era; para ele, a equidade deve começar agora e as vacinas têm que estar disponíveis para todos tanto nos países desenvolvidos como nas nações em desenvolvimento.

Assembleia Geral decide nesta sexta-feira sobre reeleição de António Guterres
BR

Maior órgão deliberativo da organização analisará recomendação do Conselho de Segurança para conferir ao secretário-geral um segundo mandato, que começará em 1 de janeiro de 2022 e irá até 31 de dezembro de 2006. 

Portugal escreve à ONU nomeando Guterres para reeleição como secretário-geral
BR

Mandato atual expira em 31 de dezembro; no início do ano, chefe da organização informou que era candidato ao posto após conversações com países do Conselho de Segurança e com grupos regionais representados nas Nações Unidas.