Passar para o conteúdo principal

Filtrar por conteúdo:

Radovan Karadzic

Radovan Karadzic condenado a 40 anos de prisão por crimes na ex-Jugoslávia

Antigo líder servo-bósnio é a figura política de mais alto escalão condenada no caso de tribunal criado pela ONU; alto comissário para os Direitos Humanos considera veredito muito significativo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia condenou esta quinta-feira o antigo líder servo-bósnio Radovan Karadzic a 40 anos de prisão por genocídio, crimes contra a humanidade e violações de leis e costumes de guerra.