protestos

Quénia: Chefe de Direitos Humanos da ONU quer investigação da violência

Alto comissário quer anúncio de cooperação do governo nos esforços para garantir responsabilização; agências de notícias informaram que pelo menos 24 pessoas morreram em atos violentos desde 8 de agosto. 

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Quénia: Chefe de Direitos Humanos da ONU quer investigação da violência

Secretário-geral da ONU pede calma a venezuelanos
BR

Em comunicado esta segunda-feira, António Guterres disse que este é um momento crítico para o futuro do país; ele apelou aos venezuelanos que façam todos os esforços possíveis para reduzir as tensões.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Secretário-geral da ONU pede calma a venezuelanos
BR

Missão na RD Congo apreensiva com prisão de mais de 120 após protestos

Enviado da ONU ao país deplora restrições à reunião pacífica e detenção de pessoas por expressarem pontos de vista políticos; ação atribuída à policia ocorreu após atos de mobilização ocorridos em sete cidades.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Missão na RD Congo apreensiva com prisão de mais de 120 após protestos

ONU e Comissão Interamericana condenam uso de força em protestos
BR

Comunicado conjunto do Escritório Regional do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos e da Comissão Interamericana de Direitos Humanos aborda incidentes no Brasil e cita também casos na chamada Cracolândia, em São Paulo, e disputa de terras no Pará.

Áudio -

ONU e Comissão Interamericana condenam uso de força em protestos
BR

Escritório de Direitos Humanos tenta acesso à Venezuela
BR

Foram confirmadas 42 mortes durante protestos contra o presidente Nicolás Maduro; representação da ONU afirma que situação no país é alarmante e defende investigação dos assassinatos e das prisões.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque. 

Áudio -

Escritório de Direitos Humanos tenta acesso à Venezuela
BR