proteção

Acnur pede mais apoio para deslocados por violência no norte de Moçambique
BR

Funcionário da agência falou à ONU News sobre situação em Cabo Delgado; área é alvo de ataques de insurgentes incluindo decapitações; escalada de violência fez subir para 100 mil, número de pessoas que abandonaram suas casas com medo dos confrontos.

Falta de dados deixam crianças refugiadas sob risco de não receber assistência
BR

Agências da ONU calculam que 35 milhões de crianças estavam vivendo como deslocadas ou refugiadas em 2016, mas o número real deve ser muito maior; relatório destaca necessidade de ação para proteger esses menores.

Dia Internacional da Menina promove empoderamento e proteção

ONU Mulheres pretende destacar e abordar necessidades e desafios enfrentados pelas residentes em zonas de conflito; mulheres e crianças são mais de três quartos dos refugiados ou deslocados.

Denise Costa da ONU News, em Nova Iorque.

Áudio -

Dia Internacional da Menina promove empoderamento e proteção

ONU diz que violência ameaça mais de 400 mil pessoas em Raqqa, na Síria
BR

ONU diz que violência ameaça mais de 400 mil pessoas em Raqqa, na Síria
BR

Escritório de Assistência Humanitária disse que três pessoas morreram devido à explosão de uma mina terrestre; várias escolas foram destruídas em bombardeios durante o fim de semana; falta de fundos prejudica também famílias sírias refugiadas no Líbano e na Jordânia.

Áudio -

ONU: proteção e abrigo de civis iraquianos devem ser prioridade
BR

ONU: proteção e abrigo de civis iraquianos devem ser prioridade
BR

Agência de refugiados calcula que 250 mil podem ficar deslocados com nova ofensiva militar em Mossul;  desde início da operação em outubro, 217 mil fugiram da violência na região.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Guterres: “Alemanha e Angela Merkel são um símbolo de tolerância”
BR

Guterres: “Alemanha e Angela Merkel são um símbolo de tolerância”
BR

Secretário-geral da ONU fez a declaração durante encontro em Munique; António Guterres disse ainda que país e chanceler representam também um símbolo de hospitalidade às pessoas que precisam de proteção.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -