presidente da Assembleia Geral

Jornal da ONU - 21 de novembro 2018
BR

Áudio -
4'24"

Presidente da Assembleia Geral: “história da humanidade é uma história de migração”

María Fernanda Espinosa falou aos jornalistas, em Nova Iorque, sobre encontro que acontece em dezembro para adotar novo documento; responsável mencionou morte do jornalista Jamal Khashoggi, ação climática e trabalho de diferentes comissões da ONU.

Presidente da Assembleia Geral vê oportunidade da migração para combater fome

Falando à ONU News, María Fernanda Espinosa destacou conhecimentos, capacidades e desejo dos migrantes para colaborar com sociedades de destino; representante destaca que principal questão não é falta de alimentos, mas sim problemas de acesso.

A história por detrás do martelo da Assembleia Geral da ONU

Objeto oferecido pela Islândia, em 1952, cumpre várias funções; martelo original partiu-se em 1960 quando presidente tentava acalmar Khrushchev; martelo contém excerto de saga viking: “A sociedade tem de ser construída com base em leis"

Em imagens: as mulheres que lideraram a Assembleia Geral

Em 73 anos de historia, apenas quatro mulheres foram presidentes da Assembleia Geral da ONU. Esta segunda-feira, 17 de setembro, Maria Fernanda Espinosa faz o juramento e entra neste grupo restrito. Conheça nestas imagens as outras mulheres que já ocuparam o cargo. 

Representante de Fiji será próximo presidente da Assembleia Geral
BR

Secretário-geral da ONU saudou Peter Thomson e disse contar com ajuda dele para implementar Agenda 2030 e Acordo de Paris; Thomson obteve 4 votos a mais que seu concorrente do Chipre.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Representante de Fiji será próximo presidente da Assembleia Geral
BR

Encontro na ONU discute resposta humanitária em África

Presidente da Assembleia Geral abriu a sessão; Mogens Lykketoft  alertou que das 60 milhões de pessoas deslocadas em todo o mundo, 17 milhões estão em África.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Encontro na ONU discute resposta humanitária em África

Evento global vai tornar o mundo “azul da cor da ONU” para marcar 70 anos
BR

Cerca de 200 monumentos e marcos em cerca de 60 países serão iluminados da cor oficial da organização; campanha global comemorar o 70º aniversário das Nações Unidas em 24 de outubro; estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro participa da iniciativa.

Áudio -