português

Brasil e Portugal juntam-se para oferecer aulas de português nas Nações Unidas

Países lusófonos assinam protocolo para que língua seja ensinada em escola da organização em Nova Iorque; secretário-geral esteve presente no evento; aulas começaram com mais de 20 alunos.

ONU acolhe celebração do Dia da Língua Portuguesa e Cultura

Evento na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, juntou centenas de pessoas este sábado; secretário-geral, António Guterres, e humorista Ricardo Araujo Pereira participam do evento.

ONU, em Nova Iorque, abriga celebrações sobre o Dia da Língua Portuguesa

Comemorações começam em 4 de maio com o primeiro debate com líderes e ex-líderes das Academias da Língua ou Ciências em Angola, Brasil, Cabo Verde e Portugal; à noite, delegações de todos os países-membros participam de um concerto de música lusófona oferecido pelo Brasil, na presidência da Cplp; em 5 de maio, Dia da Língua Portuguesa, comunidades lusófonas vêm à ONU para eventos que encerrarão as comemorações.

Português e tétum para mim são equivalentes, falo os dois desde pequena

Gisela Tavares, do Timor-Leste, afirma que o português ajuda a conferir uma identidade ao país. Ela cresceu em Portugal e fala os dois idiomas "mão a mão".

Áudio -

Português e tétum para mim são equivalentes, falo os dois desde pequena

Presidente de Portugal diz que promoção da língua é tarefa de todos
BR

Em entrevista à Rádio ONU, no mês passado, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que os oito Estados irmãos que falam o português devem assumir a tarefa de difundir o idioma no mundo; segundo ele, a língua portuguesa é um ativo político e de cooperação.

Áudio -

Presidente de Portugal diz que promoção da língua é tarefa de todos
BR

Em entrevista à Rádio ONU, no mês passado, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que os oito Estados irmãos que falam o português devem assumir a tarefa de difundir o idioma no mundo; segundo ele, a língua portuguesa é um ativo político e de cooperação.

A lusofonia tem facilidade de adaptar-se ao que é diferente, diz embaixador

Representante de Portugal junto às Nações Unidas afirma à Rádio ONU que a fácil integração a ambientes diversos é um ativo da cultura lusófona e deve ser posta “a serviço da humanidade”; diplomata foi entrevistado sobre a cooperação portuguesa às operações de paz da organização.

Áudio -

A lusofonia tem facilidade de adaptar-se ao que é diferente, diz embaixador

Música e sabores marcam Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na ONU

Cplp reafirma aposta de valorizar mais o idioma em negócios, ciência, cultura e tecnologia; Brasília concentra expectativas de cimeira "histórica"  para definir novo rumo da organização.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -