pORTUGAL

Guterres lamenta morte de Jorge Sampaio: “Portugal perdeu um líder e eu perdi um grande amigo”
BR

Ex-presidente português faleceu neste 10 de setembro, aos 81 anos; quando assumiu a Presidência da República, em 1996, o atual secretário-geral da ONU era primeiro-ministro do país; Sampaio foi enviado especial das Nações Unidas para a Luta contra Tuberculose. 

Mundo celebra, pela primeira vez, o Dia Internacional dos Afrodescendentes
BR

Nações Unidas querem promover as “contribuições extraordinárias” da diáspora africana e eliminar todas as formas de discriminação contra as pessoas de ascendência africana.  

Nações Unidas celebram poder de inovação dos jovens para um planeta saudável
BR

No Dia Internacional da Juventude, secretário-geral lembra que pessoas entre 15 e 24 anos estão na linha de frente da batalha por um futuro melhor para todos; ONU destaca potencial do grupo de contribuir com soluções para sistemas alimentares sustentáveis. 

Chefe do Camões vê português em franco crescimento como língua de negócios
BR

Novo presidente do Instituto Camões – da Cooperação e da Língua, João Ribeiro de Almeida, fala à ONU News sobre o avanço do idioma e aumento do interesse pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp; desde a última Cimeira do bloco, em Luanda, em julho, a entidade já soma dezenas de observadores incluindo Estados Unidos, França e Índia.

Brasil, Portugal e Moçambique elogiados por acolhimento de refugiados 
BR

Taxa global caiu cerca de 65% em países anfitriões após pandemia; iniciativas nas três nações de língua portuguesas constam de nova análise da Agência da ONU para Refugiados em parceria com o Banco Mundial; estudo prevê que cenário de acolhimento seja mantido em 2021. 

Crescimento da língua portuguesa está nas mãos dos jovens, diz presidente de Portugal 
BR

Marcelo Rebelo de Sousa afirma que o interesse pelo idioma tem aumentado em várias partes do mundo incluindo no Senegal e Macau; ao citar Ásia-Pacífico, ele acredita que são as novas gerações de timorenses que devem ajudar a manter a língua viva na região. 

Entrevista: Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal (Parte 2)

Neste Destaque ONU News, acompanhe a segunda parte da entrevista de Marcelo Rebelo de Sousa. Presidente de Portugal conversou com Eleutério Guevane sobre sua relação e a do país com Angola, Brasil Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Ele também falou sobre a projeção da língua portuguesa no mundo e o pós-pandemia em Portugal. Rebelo de Sousa esteve em Nova Iorque, na semana passada, para participar da cerimônia de eleição de António Guterres para um segundo mandato à frente da ONU, que começará em janeiro de 2022. 

Entrevista: Marcelo Rebelo de Sousa fala à ONU News sobre reeleição de Guterres e desafios pós-Covid-19

Presidente de Portugal conversou com Eleutério Guevane sobre a recuperação da pandemia, a Conferência dos Oceanos, marcada para julho de 2022 em Lisboa, a ação portuguesa para mais acolhimento de migrantes e refugiados na Europa e a concertação política da lusofonia para afirmação dos países em vários espaços internacionais. Ele esteve em Nova Iorque, na semana passada, para participar da cerimônia de eleição de António Guterres para um segundo mandato à frente da ONU, que começará em janeiro de 2022. Neste Destaque ONU News, de 21 de junho, acompanhe a primeira parte da entrevista de Marcelo Rebelo de Sousa.

Nações Unidas agradecem a Portugal por contribuição para manutenção da paz
BR

A atuação de Portugal nas operações de paz da ONU é o tema de uma campanha global “Serviço e Sacrifício” para homenagear países que contribuem com capacetes azuis ao redor do mundo; neste vídeo, conheça a maior presença portuguesa, na Missão da ONU na República Centro-Africana, Minusca, onde servem 188 homens e mulheres.

Portugal é destaque na campanha global “Serviço e Sacrifício” sobre forças de paz da ONU 
BR

País contribui, atualmente, com 201 homens e mulheres em quatro operações de paz pelo mundo; a maioria dos capacetes azuis portugueses atua na Missão da ONU na República Centro-Africana, Minusca.