porta-voz

ONU pede ajuda urgente para deslocados na Síria

Pelo menos 125 mil deixaram Ghouta Oriental e Afrin nas últimas semanas; abrigos estão superlotados e maioria das pessoas tem problemas de saúde.

ONU diz que milhares de pessoas abandonaram Ghouta Oriental

Civis fugiram de região cercada na Síria por causa dos conflitos; ajuda alimentar chegou a mais de 26 mil pessoas em Douma.

ONU: situação na Síria é “sombria” após Conselho de Segurança pedir cessar-fogo

Nações Unidas estão prontas para enviar ajuda humanitária e evacuar feridos assim que combates terminarem; conflitos no domingo provocaram morte de mais de 30 pessoas, incluindo mulheres e crianças.

Assembleia Geral da ONU aprova criação de Escritório de Contraterrorismo
BR

Assembleia Geral adotou resolução nesta quinta-feira sobre o assunto; órgão englobará o Centro de Contraterrorismo da ONU e ajudará os países-membros a combater o problema.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Assembleia Geral da ONU aprova criação de Escritório de Contraterrorismo
BR

Chefe da ONU expressa apoio à Agência para Refugiados Palestinos, Unrwa
BR

Secretário-geral disse que está preocupado com as críticas feitas à agência; Unrwa fornece serviços essenciais e de proteção dos direitos de milhões de palestinos no Oriente Médio; entidade atende a meio milhão de meninos e meninas em suas escolas.

Áudio -

Chefe da ONU expressa apoio à Agência para Refugiados Palestinos, Unrwa
BR

ONU condena atentados terroristas que podem ter matado 12 no Irã
BR

Secretário-geral espera que os responsáveis pelo ataque sejam levados rapidamente à justiça; Conselho de Segurança fez um minuto de silêncio.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

ONU condena atentados terroristas que podem ter matado 12 no Irã
BR

ONU apreensiva com segurança de meninas de Chibok ainda em cativeiro
BR

Secretário-geral quer mais empenho em esforços para garantir libertação,  recuperação e reintegração das vítimas dos terroristas do grupo Boko Haram; pessoal de emergência atende meninas libertadas.

Eleutério Guevane, da ONU em Nova Iorque.

Áudio -