pobres

Entrevista: Raquel Rolnik

Na Guiné-Bissau, relatora pede prioridade para pobres e marginalizados

Especialista da ONU para Pobreza Extrema e Direitos Humanos desencoraja o que considera “disputas de poder a curto prazo”; para Magdalena Sepúlveda, mulheres e meninas têm seus direitos e necessidades negligenciados.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Na Guiné-Bissau, relatora pede prioridade para pobres e marginalizados

Ban diz que diferença entre pobres e ricos aumenta no mundo inteiro
BR

Secretário-Geral fez a declaração para marcar o Dia Mundial da Justiça Social este 20 de fevereiro; ele afirmou que a data serve para mostrar o poder da solidariedade global para a criação de novas oportunidades para todos. 

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Ban diz que diferença entre pobres e ricos aumenta no mundo inteiro
BR

Urbanização rápida levará 3 bilhões a viverem em favelas até 2050
BR

Pesquisa da ONU revela que tendência ameaça desenvolvimento sustentável; levantamento calcula que mais de 6 bilhões de pessoas vão morar em cidades.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Urbanização rápida levará 3 bilhões a viverem em favelas até 2050
BR

Relatora diz que Brasil tem que se tornar campeão em direitos à moradia
BR

Raquel Rolnik emitiu comunicado às vésperas da realização da Copa das Confederações, no Brasil; especialista em direitos humanos disse que eventos esportivos levam a despejos forçados, operações contra os sem-teto e aumento do custo da habitação adequada.

Áudio -

Relatora diz que Brasil tem que se tornar campeão em direitos à moradia
BR

Empresa brasileira que levar educação a 500 mil crianças pobres
BR

Como parte do projeto do Pnud “Chamado para Ação Empresarial” meta é atingir comunidades carentes do país; companhia vai criar também 2 mil empregos para mulheres de baixa renda até 2017.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -