PMA

Pós-ciclone em Moçambique: chefe do PMA pede maior apoio para salvar vidas em risco

David Beasley terminou esta quarta-feira uma visita de dois dias ao país; representante encontrou sobreviventes do desastre, presidente e ministros; governo confirmou 468 mortes; acompanhe aqui a cobertura especial da ONU News.

Ciclone Idai: Moçambique precisa de US$ 102 milhões para resposta de emergência até agosto

Novo apelo pretende levar ajuda até cerca de 650 mil pessoas até agosto; Escritório das Nações Unidas para os Assuntos Humanitários, Ocha, assumiu coordenação da gestão humanitária na cidade da Beira; governo anunciou 417 mortes confirmadas; conferência de doadores acontece em Roma em abril; acompanhe aqui a cobertura especial da ONU News.  

Brasileira está na linha de frente da ação pós-ciclone em Moçambique

Karin Manente é representante do Programa Mundial da Alimentação, PMA,  no país; ela  conta à ONU News o que viu no primeiro contato com as áreas afetadas pelo ciclone Idai, que passou há uma semana.  As mortes subiram para 242 e mais de 660 mil pessoas estão deslocadas. Sofala foi a província mais assolada pelo desastre.

Comunidade internacional continua a mobilizar ajuda para vítimas do ciclone Idai

Presidente da Assembleia Geral agradeceu organizações humanitárias pelos esforços de alívio em Moçambique, no Maláui e no Zimbábue; região continua com possibilidade de inundações que podem aumentar número de afetados; acompanhe aqui a cobertura especial.

ESPECIAL MOÇAMBIQUE: “Isto é uma coisa nunca vista”

Coordenador de emergência do PMA, Pedro Matos, está na cidade da Beira a trabalhar na resposta humanitária; agência coordena auxílio internacional pós-ciclone; 600 mil pessoas foram afetadas pelas cheias e já se admite centenas de mortes; acompanhe aqui a cobertura especial

Emergência em Moçambique “aumenta a cada hora que passa”, diz PMA

Alertas foram lançados para as próximas 72 horas devido ao risco de cheias nos rios Búzi, Púngoè  e Save; segundo a agência, “o rio Búzi já transbordou as margens matando centenas.”

Apoio às vítimas do ciclone em Moçambique

A representante do Programa Mundial de Alimentação, PMA, em Moçambique coordena a resposta internacional ao período pós-ciclone no país. Karin Manente diz haver necessidade de mais recursos nos próximos dias. O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades, Ingc, está na liderança do processo.

Destaque ONU News Especial - Apoio às vítimas do ciclone em Moçambique

A representante do Programa Mundial de Alimentação, PMA, em Moçambique coordena a resposta internacional ao período pós-ciclone no país. Karin Manente diz haver necessidade de mais recursos nos próximos dias. O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades, Ingc, está na liderança do processo.

Moçambique: PMA pede US$ 40 milhões para ajuda humanitária temporária pós-ciclone

Agência disse estar pronta para ajudar às vítimas do ciclone Idai; apoio deve ser canalizado aos que sofrem das cheias que assolam o centro do país; distribuição de alimentos e oferta de abrigos acontecem nos locais afetados. *

Moçambique: FAO diz que ciclone Idai aumenta necessidade de recursos para populações

Representante da agência afirma que tempestade vai alterar projeção das necessidades da agência; estimativas para ações de apoio entre janeiro e março eram de US$ 11 milhões para assistir 500 mil pessoas. *