plano de resposta

Comunidade humanitária na Indonésia lança plano de US$ 50,5 milhões para ajudar vítimas de desastres

Objetivo é apoiar 191 mil pessoas nos próximos três meses; coordenadora residente da ONU no país informa que deslizamentos de terra e danos em infraestruturas deixaram várias localidades isoladas; 65 mil casas sofreram danos.

Etiópia: necessidades humanitárias tripilicaram desde o início de 2015

Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO,  é necessária assistência urgente para apoiar agricultores; país está sendo afetado por seca causada pelo fenómeno climático El Niño.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Etiópia: necessidades humanitárias tripilicaram desde o início de 2015

OMS lança plano de resposta para combater zika
BR

Agência da ONU afirma que serão necessários US$ 56 milhões para implementar estratégia global; objetivos são ajudar países a aumentar a vigilância e melhorar o controle sobre o mosquito Aedes egypt.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

OMS lança plano de resposta para combater zika
BR

ONU pede US$ 298 milhões para ajudar refugiados sírios no Iraque
BR

Acnur vai usar o dinheiro para prestar assistência a 250 mil sírios que vivem no país árabe; quase 40% dos refugiados sírios no Iraque vivem em 10 acampamentos que recebem apoio direto de agências da ONU e parceiros.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

ONU pede US$ 298 milhões para ajudar refugiados sírios no Iraque
BR

Violência no Sudão do Sul força fuga de mais de 100 mil pessoas
BR

Acnur informou que maioria seguiu para três países vizinhos; conflitos impediram entrega de ajuda humanitária para 650 mil sul-sudaneses.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Violência no Sudão do Sul força fuga de mais de 100 mil pessoas
BR

Relatores dizem que cheias no Malaui são as "piores de que há memória"

Mais de 170 mil pessoas abandonaram as suas casas e outras 79 perderam a vida; necessidades urgentes foram cobertas em apenas um quarto ; no distrito de Nsanje, o mais afetado,  cerca de 153 desapareceram.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -