Phumzile Mlambo-Ngcuka

Guterres cita exemplo da Guiné-Bissau em debate sobre mulheres e segurança

Secretário fala de contribuição feminina para reverter crise política no país; entre 1990 e 2017, havia 2% de mediadoras em todos os principais processos de paz; ONU destaca aumento de 56% de casos violência sexual ligada a conflitos no ano passado.

ONU elogia esforços no empoderamento da mulher em Moçambique

Advocacia, campanhas contra violência, casamentos precoces e outras medidas são alguns dos fatores que justificaramm a congratulação por parte da diretora-executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka.

Ouri Pota da ONU News em Maputo.

Áudio -

ONU elogia esforços no empoderamento da mulher em Moçambique

Anne Hathaway anuncia empresas que abraçam igualdade de remuneração

Embaixadora da Boa Vontade participa nas celebrações do Dia Internacional das Mulher em Nova Iorque; Nações Unidas destacam que mulheres ganham 24% a menos que os homens.

Eleutério Guevane da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -

Anne Hathaway anuncia empresas que abraçam igualdade de remuneração

Secretário-geral da ONU carrega tocha olímpica no Rio
BR

Ban participa também da cerimônia de abertura dos Jogos; na quinta-feira, chefe das Nações Unidas se reuniu com equipe de atletas refugiados.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Secretário-geral da ONU carrega tocha olímpica no Rio
BR

Empoderamento feminino “contribui para defesa contra extremismo violento”
BR

Avaliação é da diretora-executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka; Conselho de Segurança debateu nesta segunda-feira o papel das mulheres na prevenção de conflitos na África.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Empoderamento feminino “contribui para defesa contra extremismo violento”
BR

“Líderes mundiais precisam agir pela igualdade entre homens e mulheres”
BR

Apelo é feito pela diretora da ONU Mulheres neste 8 de março; Phumzile Mlambo-Ngcuka explica meta da organização: que todas as mulheres, homens, meninas e meninos tenham os mesmos direitos até 2030.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -