pausa humanitária

Conselho de Segurança endossa apelo a cessar-fogo global imediato
BR

Resolução aprova pausa humanitária de pelo menos 90 dias consecutivos em todo o mundo; medida enfatiza países em conflitos armados, situações de pós-conflito e crises humanitárias.

Nações Unidas pedem continuação do cessar-fogo no Iêmen
BR

Pausa de 72 horas nos confrontos chega ao fim e enviado especial quer renovação do acordo por mais 72 horas; Ismail OuldCheikh Ahmed confirma que civis em vários bairros conseguiram receber ajuda humanitária.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Nações Unidas pedem continuação do cessar-fogo no Iêmen
BR

Enviado da ONU à Síria espera acordo para iniciar pausa humanitária
BR

Em comunicado, Staffan de Mistura, lembrou ter apelado por uma trégua de 48 horas em Alepo para levar socorro aos civis; ele elogiou decisão russa de apoiar o pedido.

Áudio -

Enviado da ONU à Síria espera acordo para iniciar pausa humanitária
BR

Em comunicado, Staffan de Mistura, lembrou ter apelado por uma trégua de 48 horas em Alepo para levar socorro aos civis; ele elogiou decisão russa de apoiar o pedido.

Enviado da ONU encerrou reunião humanitária e pede trégua na Síria
BR

Staffan de Mistura quer 48 horas de pausa nos conflitos para entrega de ajuda; ele disse que “não há sentido realizar uma reunião a menos que haja alguma ação no lado humanitário na Síria”.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Enviado da ONU encerrou reunião humanitária e pede trégua na Síria
BR

Cessar-fogo no Iêmen gera expectativa de alívio da violência para civis
BR

Pausa nos confrontos deve começar à meia-noite, hora local; representante da ONU destaca que trabalhadores humanitários vão continuar se esforçando para entregar assistência à população.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Cessar-fogo no Iêmen gera expectativa de alívio da violência para civis
BR

Consequências humanitárias do conflito no Iêmen são “catastróficas”
BR

Afirmação é do coordenador humanitário da ONU no país, Johannes Van der Klaauw; em Áden, cidade ficou destruída, incluindo danos em hospitais, escolas e mesquitas; total de mortos e de feridos no país chega a 23 mil.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Áudio -