pacíficas

ONU diz que eleições foram pacíficas no Haiti e na Costa do Marfim
BR

Missões de Paz das Nações Unidas acompanharam de perto as votações nos dois países; na ilha caribenha foram registrados 48 incidentes de segurança, metade das ocorrências de agosto durante o primeiro turno.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

ONU diz que eleições foram pacíficas no Haiti e na Costa do Marfim
BR

ONU elogia aumento de oposição à aplicação da pena de morte
BR

Em sessão na Assembleia Geral, chefe da organização diz que 20% da humanidade vivem em países com índice considerável de violência; Ban quer que agenda pós-2015 enfrente causas do problema.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

ONU elogia aumento de oposição à aplicação da pena de morte
BR

Ban congratula povo da Guiné-Bissau por eleições pacíficas

Em nota, porta-voz de Ban Ki-moon disse que alta afluência às urnas prova que guineenses querem retorno da ordem constitucional; país africano de língua portuguesa sofreu golpe de Estado em abril de 2012. 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Ban congratula povo da Guiné-Bissau por eleições pacíficas

Observadores de direitos humanos sem registo de violações no pleito queniano

Grupo de 13 elementos emitiu comunicado ao regressar a Genebra; autoridades eleitorais dizem que votação foi ganha pelo antigo vice-primeiro-ministro, Uhuru Kenyatta.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque. *

Áudio -

Observadores de direitos humanos sem registo de violações no pleito queniano

ONU: eleições no Quênia transcorreram sem violações de direitos humanos
BR

Afirmação partiu da comissão enviada ao país para observar o pleito, realizado em 4 de março; segundo autoridades eleitorais, votação foi ganha pelo ex-vice-premiê, Uhuru Kenyatta por 50,7%

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

ONU: eleições no Quênia transcorreram sem violações de direitos humanos
BR