Organização Mundial do Comércio

Brasileiro, chefe da OMC, renuncia ao posto
BR

Embaixador Roberto Azevêdo informou que deixará cargo em 31 de agosto, um ano antes do término do segundo mandato; eleição ocorreu em 2013.

Comércio mundial crescerá acima de 2% até 2018
BR

Avaliação da Organização Mundial do Comércio revela que 2016 teve o avanço mais lento desde a crise financeira; segundo agência, inflação e saída do Reino Unido da União Europeia aumentam  incertezas sobre políticas.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -

Comércio mundial crescerá acima de 2% até 2018
BR

Entrevista: Roberto Azevêdo

O embaixador brasileiro Roberto Azevêdo afirmou que a prioridade para seu segundo mandato como chefe da Organização Mundial do Comércio é fazer com que a OMC continue alcançando resultados importantes.

Áudio -

Entrevista: Roberto Azevêdo

Chefe da OMC diz que situação atual do comércio internacional é difícil
BR

Embaixador brasileiro foi reeleito para mais quatro anos à frente da Organização Mundial do Comércio, OMC; Roberto Azevêdo citou acordos de Bali e Nairóbi; ele afirmou que quadro atual do comércio internacional não é fácil.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Chefe da OMC diz que situação atual do comércio internacional é difícil
BR

Entrevista: Brasil, Moçambique, Portugal e Acordo de Facilitação de Comércio

Roelf Traeger é economista-chefe da Conferência da ONU para o Desenvolvimento e Comércio, Unctad, para os Países Menos Avançados e fala do Acordo de Facilitação de Comércio que entrou em vigor este 22 de fevereiro.

Áudio -

Entrevista: Brasil, Moçambique, Portugal e Acordo de Facilitação de Comércio

Acordo de Facilitação do Comércio em vigor desde esta quarta-feira

OMC revela que tratado permitirá reduzir custos de comércio global em 14,3%; Unctad espera que comércio mundial seja “mais barato, mais fácil e mais rápido”; Brasil e Moçambique entre os 112 países que já ratificaram o acordo.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -