Organização Mundial de Saúde

OMS: nenhum caso de ébola confirmado na última semana

Agência da ONU declarou o fim da transmissão do vírus do ébola na Guiné Conacri em 29 de dezembro; Serra Leoa chegou a este marco em novembro e a expectativa é que a Libéria siga o exemplo em meados de janeiro.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Mais de 10,7 mil casos de cólera registrados no Oriente Médio e na África
BR

Mais de 10,7 mil casos de cólera registrados no Oriente Médio e na África
BR

Pelo menos 170 pacientes morreram no Iraque, Barein, Kuwait, RD Congo e Tanzânia; Organização Mundial da Saúde precisa de US$ 5 milhões para ampliar medidas para conter o surto nesses países.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Dia Mundial Humanitário: OMS pede proteção a trabalhores de saúde
BR

Dia Mundial Humanitário: OMS pede proteção a trabalhores de saúde
BR

Apenas em 2014, agência das Nações Unidas recebeu relatos de 372 ataques a trabalhadores de saúde em 32 países; ações resultaram em 603 mortes; campanha digital #ThanksHealthHero presta homenagem a ações destes profissionais.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Preparo para emergências foi importante na resposta a terremotos no Nepal
BR

Preparo para emergências foi importante na resposta a terremotos no Nepal
BR

Afirmação é da Organização Mundial da Saúde; há relatos de que mais de 8 mil pessoas morreram e cerca de 19 mil ficaram feridas nos terremotos.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Unicef preocupada com abandono de crianças suspeitas de ébola na Serra Leoa

Unicef preocupada com abandono de crianças suspeitas de ébola na Serra Leoa

Agência menciona famílias com medo de tocar nos filhos;  um em cada cinco casos registados no país ocorre em criança; agência prevê abrir 30 centros de atenção comunitária.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.* 

Áudio -

OMS apela agências humanitárias a reforçar desparasitação no Sahel

Cerca de 18 milhões de pessoas na região não têm o suficiente para comer; crise alimentar e nutricional tem sido agravada pelo conflito no norte do Mali e pelas recentes inundações que afetaram 3 milhões de pessoas.

Manuel Matola, da Rádio ONU em Maputo.

Áudio -