Organização Mundial de Saúde

“Surto de ébola é uma batalha que não pode ser perdida”, apela OIM na RD Congo

Agência envolveu mais de 800 funcionários em esforços de prevenção em províncias afetadas; vigilância a viajantes rastreou mais de 32 milhões de pessoas em 80 pontos diferentes.