Organização Meteorológica Mundial

Brasileiro ganha o maior prêmio científico da Organização Meteorológica Mundial
BR

Engenheiro e meteorologista, Antonio Divino Moura, é o primeiro cidadão do Brasil a receber o Prêmio IMO; distinção é atribuída a contribuições nos campos de meteorologia, hidrologia, climatologia e outras.

OMM lança vídeos com “previsões” sobre impacto das mudanças climáticas
BR

Série “Verão na Cidade” tem participação de apresentadores de previsão do tempo de diversos países; vídeos mostram como a mudança climática poderia tornar os próximos verões ainda mais quentes em grandes cidades do mundo.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

OMM lança vídeos com “previsões” sobre impacto das mudanças climáticas
BR

2016 deve ser o ano mais quente já registrado
BR

Organização Meteorológica Mundial tem dados de janeiro a novembro e destaca que as temperaturas foram muito elevadas devido ao El Niño; é possível que este seja o ano mais quente desde meados de 1880.

Leda Letra, da ONU News em Nova York.

Áudio -

2016 deve ser o ano mais quente já registrado
BR

2016 será “muito provavelmente” o mais quente já registrado
BR

Avaliação é da Organização Meteorológica Mundial, OMM; dados preliminares divulgados pela agência da ONU mostram que as temperaturas globais este ano estão aproximadamente 1.2º C acima dos índices pré-industriais.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

2016 será “muito provavelmente” o mais quente já registrado
BR

ONU alerta que ondas de calor podem continuar matando milhares de pessoas
BR

Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres pediu que sejam tomadas medidas para reduzir mortalidade; agência ressaltou possível aumento de óbitos devido a temperaturas muito quentes causadas por mudança climática.

Áudio -

ONU alerta que ondas de calor podem continuar matando milhares de pessoas
BR

Temperaturas globais batem novos recordes nos seis primeiros meses de 2016
BR

Segundo Organização Meteorológica Mundial, OMM, ano está em vias de se tornar o mais quente já registrado; chefe da agência da ONU ressaltou importância “mais clara do que nunca” de implementar Acordo de Paris sobre mudança climática.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -