OMM

Agência lembra que La Niña 2020-2021 terminou, mas temperaturas seguem altas 
BR

Organização Meteorológica Mundial afirma que níveis devem ficar acima da média entre junho e agosto, especialmente no Hemisfério Norte; concentrações de dióxido de carbono permanecem recordes impulsionando aquecimento global.  

Cresce chance de temperatura subir 1,5° C temporariamente nos próximos cinco anos 
BR

Probabilidade praticamente dobrou em comparação com previsões de 2020; estimativas indicam que pelo menos um ano entre 2021 e 2025 pode entrar para a história como o mais quente já registrado.  

Atlântico deve ter nova estação atípica de furacões em 2021, diz OMM 
BR

Organização Meteorológica Mundial, OMM, indica que movimento acima do normal é esperado em partes do Caribe, da América Central e dos Estados Unidos, onde muitas comunidades ainda se recuperam da estação recorde do ano passado. 

Satélites ajudam com atualização sobre concentrações perigosas de aerossóis 
BR

Partículas minúsculas contaminadas podem elevar número de mortes em áreas que sofrem incêndios; elas também são necessárias para garantir o funcionamento básico do ecossistema por se vinculam à água para formar nuvens. 

Agência da ONU revela que 2020 foi um dos três anos mais quentes já registrados
BR

Novo relatório alerta que mudança climática segue implacável e eventos extremos se intensificam; concentrações de CO2 na atmosfera podem superar 414 ppm em 2021, se for mantido o mesmo padrão observado nos últimos anos.

Relatório examina relação de fatores meteorológicos, qualidade do ar e Covid-19
BR

Medidas de governos em vez de fatores meteorológicos são apontadas como principal motor de contenção e propagação da novo coronavírus; relatório preliminar sugere que condições climáticas não devem ser justificativas para relaxar as medidas de controle da pandemia.

Comitê de furacões discute planos para 2021 após estação recorde em 2020
BR

Sessão anual do Comitê de Furacões da Organização Meteorológica Mundial, OMM, analisará temporada do ano passado no Atlântico fazendo ajuste fino da coordenação para 2021; grupo também discutirá quais nomes devem ser excluídos e adicionados às listas rotativas.

Temperaturas de fevereiro destoam do padrão com novas “normas climáticas” 
BR

Estados Unidos tiveram seu fevereiro mais frio desde 1989 e extensão do gelo marinho estava abaixo da média em ambas as regiões polares; segundo agência da ONU, estes valores não anulam a tendência de longo prazo da mudança climática. 

Temperaturas globais devem ficar acima do normal entre fevereiro e abril 
BR

Evento La Niña ultrapassou seu pico, mas impactos nas temperaturas, precipitação e padrões de tempestade continuam; fenômeno tem um efeito de resfriamento global temporário, mas não foi suficiente para evitar que 2020 fosse um dos três anos mais quentes já registrados. 

Agência da ONU confirma que 2020 foi um dos anos mais quentes da história 
BR

Organização Meteorológica Mundial, OMM, revela que recorde ocorreu dentro da década mais quente já registrada entre 2011 e 2020; secretário-geral António Guterres afirma que mundo “precisa fazer as pazes com a natureza” neste século.