Nicholas Kay

Enviado da ONU participa de consultas sobre eleições na Somália

Enviado da ONU participa de consultas sobre eleições na Somália

Nicholas Kay pediu aos somalis para que levem ao processo eleitoral de 2016 um espírito de “compromisso e reconciliação”;  participação das mulheres ressaltada como muito importante para o futuro do país.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

ONU condena ataque a bomba que matou 13 num hotel de Mogadíscio

ONU condena ataque a bomba que matou 13 num hotel de Mogadíscio

Agências noticiosas informaram que ataque foi reivindicado pelas milícias al-Shabaab;  pelo menos 40 pessoas ficaram feridos após a explosão de uma bomba no Hotel Jazeera próximo do aeroporto.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Enviado da ONU condena atentado como “ataque” à juventude da Somália

Enviado da ONU condena atentado como “ataque” à juventude da Somália

Nicholas Kay afirmou estar “chocado com o completo desrespeito à vida de inocentes”; segundo agências de notícias, milícias Al-Shabaab atacaram um complexo do governo na capital do país, a deixar 17 mortos, incluindo 7 atacantes.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

ONU saúda libertação dos mais antigos reféns dos piratas somalis

ONU saúda libertação dos mais antigos reféns dos piratas somalis

Os quatro cidadãos da Tailândia foram sequestrados em abril de 2010; enviado da ONU na Somália pede que sejam outros soltos 26 reféns sequestrados do navio omani; Unodc apoiou a liberdade do grupo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

ONU condena ataque a hotel na Somália que pode ter matado pelo menos 20
BR

Enviado da ONU para o país disse que ação do grupo Al-Shabaab foi “cruel e indiscriminada”; Nicholas Kay afirmou que dezenas de pessoas morreram ou ficaram feridas incluindo membros do governo.

ONU condena ataque a hotel na Somália que pode ter matado pelo menos 20
BR

Enviado da ONU para o país disse que ação do grupo Al-Shabaab foi “cruel e indiscriminada”; Nicholas Kay afirmou que dezenas de pessoas morreram ou ficaram feridas incluindo membros do governo.

Áudio -