Nicholas Haysom

Somália está mais perto da paz duradoura, diz representante especial da ONU

Nicholas Haysom fez ponto de situação sobre a situação do país ao Conselho de Segurança; grupo Al-Shabaab continua a ser a maior fonte de insegurança; país cria Comissão Nacional Independente de Direitos Humanos.

ONU alerta para onda de sequestros no Afeganistão
BR

ONU alerta para onda de sequestros no Afeganistão
BR

Missão expressou preocupação com ações contra passageiros viajando em veículos civis; representante do secretário-geral no país pediu o fim da prática “horrível”; cerca de 25 civis foram sequestrados em incidente recente.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Funcionária da ONU é assassinada no Afeganistão
BR

Funcionária da ONU é assassinada no Afeganistão
BR

Toorpaki Ulfat era considerada pela Missão das Nações Unidas no Afeganistão uma “respeitada defensora dos direitos humanos”; ela foi morta a tiros em Kandahar por pessoas que estavam numa moto.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Violência vai tornar-se mais intensa no Afeganistão em 2015, prevê enviado

Violência vai tornar-se mais intensa no Afeganistão em 2015, prevê enviado

Em relatório, representante do secretário-geral cita disputa interna entre insurgentes Talebã após morte do líder Mullah Omar; Nicholas Haysom destacou  endurecimento de tom entre Cabul e autoridades do Paquistão.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Segurança e economia do Afeganistão continuam sendo “testadas”
BR

Segurança e economia do Afeganistão continuam sendo “testadas”
BR

Afirmação foi feita no Conselho de Segurança pelo representante especial da ONU; segundo Nicholas Haysom, contração econômica após saída das tropas internacionais ainda é desafio; mais de 4 mil civis foram mortos ou feridos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

ONU pede inquérito sobre ataque que matou 15 pessoas no Afeganistão
BR

Em nota, vice-chefe da Missão no país, Unama, disse que as mortes são profundamente chocantes, uma vez que afegãos se preparam para comemorar o fim do ramadã com suas famílias.