Myrta Kaulard

ONU em Moçambique pede US$ 120 milhões para seguir assistindo vítimas dos ciclones
BR

Representante da organização e coordenadora humanitária no país, Myrta Kaulard, explicou que quantia servirá para necessidades mais urgentes; outros US$ 40 milhões devem ser aplicados para combater insegurança alimentar e seca.

ONU prepara-se para estação de ciclones em Moçambique, que começa em março
BR

País de língua portuguesa está sendo afetado por chuvas fortes no norte e secas no sul, menos de um ano após a devastação causada pelos ciclones Idai e Kenneth; chefe do Sistema ONU no país, Myrta Kaulard, destaca necessidades de financiamento urgentes.

ONU reitera apoio a Moçambique no cumprimento da Agenda 2030
BR

Representante da organização no país, Myrta Kaulard, fez a declaração após cerimônia de posse do presidente Filipe Nyusi, na quarta-feira; o candidato da Frelimo passa a ocupar o segundo mandato à frente da nação de língua portuguesa.

ONU pede investimentos para reduzir impacto de desastres naturais

Em Dia Internacional para Redução de Riscos de Desastres, neste 13 de outubro, secretário-geral disse que acidentes “podem apagar décadas de desenvolvimento num instante”; Moçambique precisa de US$ 3,2 bilhões para reconstrução pós-ciclones. 

Seis meses após ciclone Idai, Moçambique precisa de mais US$ 398 milhões para apoiar afetados por crises

Necessidades agravadas por secas e inundações consecutivas podem prejudicar próximas colheitas; pelo menos 2 milhões de pessoas podem enfrentar graves níveis de insegurança alimentar até março.*