mutilação genital feminina

Comité preocupado com estigma contra adolescentes na Serra Leoa

Especialistas da ONU em direitos da criança pedem que raparigas grávidas ou vítimas de estupro não sejam consideradas “uma vergonha” para suas famílias; governo elogiado por compromissos neste campo.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Comité preocupado com estigma contra adolescentes na Serra Leoa

Na Etiópia, líderes religiosos ajudam no combate à violência a mulheres

Segundo ONU Mulheres, 40% das jovens na faixa etária dos 20 anos casaram-se antes dos 18; 74% da mulheres do país enfrentaram mutilação genital; treinamento de agência envolveu plano de ação contra violência de género.

Monica Grayley, da Rádio ONU.

Áudio -

Na Etiópia, líderes religiosos ajudam no combate à violência a mulheres

Guiné-Bissau em sessão do 10º aniversário do Conselho de Direitos Humanos

País de língua oficial portuguesa participa pela primeira vez como observador do evento, que vai até 1 de julho; São Tomé e Príncipe é outra nação lusófona também presente pela primeira vez.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Guiné-Bissau em sessão do 10º aniversário do Conselho de Direitos Humanos

Entrevista: Guiné-Bissau pela primeira vez no Conselho de Direitos Humanos

País está observando a sessão do órgão que completa 10 anos. Segundo secretário da Missão da Guiné-Bissau junto às Nações Unidas diz à Rádio ONU que das 13 convenções e protocolos de direitos humanos, a Guiné-Bissau ratificou 10.

Áudio -

Entrevista: Guiné-Bissau pela primeira vez no Conselho de Direitos Humanos

OMS lança guia para ajudar mulheres vítimas de mutilação genital
BR

Agência da ONU afirmou que mais de 200 milhões de mulheres e meninas sofrem desse problema que atinge 30 dos 54 países na África; organização diz que mutilação genital causa danos graves à saúde e viola direitos.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

OMS lança guia para ajudar mulheres vítimas de mutilação genital
BR