mulheres

ONU passa a receber denúncias por telefone sobre assédio sexual
BR

Novo serviço começa a funcionar nesta terça-feira; linha especial e confidencial estará disponível 24 horas; funcionários das Nações Unidas poderão fazer denúncias sobre assédio ou exploração sexuais ocorridas no trabalho.

Mulheres da RD Congo confiam nas boinas-azuis femininas da ONU

Militar que integra contingente do Uruguai, Natalia Gallardo, participou da Missão da ONU na República Democrática do Congo, Monusco, e disse que as mulheres congolesas sentem-se mais à vontade com as militares para conversar sobre determinados problemas e pedir ajuda.

ONU Mulheres diz que progresso para cumprir Agenda 2030 continua lento
BR

Agência divulgou relatório, nesta quarta-feira, sobre temas como violência sexual e trabalho não-remunerado; dentre países lusófonos, Brasil é destacado por delegacias de atendimento à mulher, já Guiné-Bissau pela mutilação genital feminina.

Mulheres ocupam menos de 30% das vagas em pesquisa e desenvolvimento 
BR

Dado é apresentado pelo secretário-geral da ONU neste 11 de fevereiro, Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência; António Guterres pede mais apoio às cientistas.

Rosália Vargas - Mulheres e Meninas na Ciência

Rosália Vargas é presidente do Pavilhão do Conhecimento Centro Ciência Viva de Portugal.

 

Ela conversou com a ONU News, em Nova Iorque, onde participou em eventos para comemorar o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, marcado neste 11 de fevereiro.

200 milhões sofrem com impactos da mutilação genital feminina
BR

Este é o total de mulheres e meninas que foram submetidas ao procedimento; enviada da ONU para a Juventude visita África e pede implementação de leis para que a prática seja abandonada.

Serviço e sacrifício: boina-azul camaronesa empodera mulheres

Gladys Ngwepekeum Nkeh é oficial da Polícia das Nações Unidas, Unpol. Natural dos Camarões, ela trabalha com a Missão de Paz da ONU na República Centro-Africana.

Agência da ONU cria espaço seguros para meninas refugiadas em Angola

Uma das entrevistadas, de 17 anos, contou que ao envolver-se nas atividades organizadas pelo Unfpa, ela se esquece, por um tempo, de todas as preocupações e lembranças que tinha da República Democrática do Congo.

Áudio -

Agência da ONU cria espaço seguros para meninas refugiadas em Angola

Uma das entrevistadas, de 17 anos, contou que ao envolver-se nas atividades organizadas pelo Unfpa, ela se esquece, por um tempo, de todas as preocupações e lembranças que tinha da República Democrática do Congo.