mulheres e crianças

Mais de 6 mil nigerianos fugiram para o Chade desde o dia seguinte ao Natal
BR

Ataques de milícias em Baga levaram cerca de 30 mil nigerianos a buscar abrigo na capital estadual de Borno; mulheres e crianças formam a esmagadora maioria dos recém-chegados ao Chade; travessia do Lago Chade é feita em barcos a remos.